Atuais

Projeto "LUME CENTRO - Educação Sócio Protetiva na Rua"
O Projeto "LUME CENTRO - Educação Sócio Protetiva na Rua" trabalha, via atendimento direto, com crianças e adolescentes que estão em Situação de Rua, prioritariamente no centro de São Paulo.

O objetivo do LUME CENTRO é desenvolver uma metodologia em parceria, que atenda o educando desde a situação de rua na qual se encontra, até o encaminhamento, acompanhamento e formação de um Plano de Vida voltado para o exercício da liberdade e alcance pleno da cidadania, culminando assim, com a saída definitiva da situação de rua.

O Projeto é, necessariamente, desenvolvido em parceria com outras instituições, por equipe capacitada de educadores sociais com dedicação exclusiva, visando reconstruir e fortalecer os vínculos familiares e comunitários destes jovens.

O título escolhido foi por se entender, que a criança e o adolescente em situação de rua tem direito à Sócio Proteção de forma integral, preconizada pelo Art. 98 do Estatuto da Criança e do Adolescente.
"NDT - Núcleo de Desenvolvimento Travessia"
Através do "NDT - Núcleo de Desenvolvimento Travessia", o Projeto Travessia dissemina conhecimentos relativos ao enfrentamento de situações de risco envolvendo crianças, adolescentes, famílias e comunidades.

O NDT oferece cursos e consultorias a entidades da rede de proteção à criança, com o intuito de elevar o padrão das práticas na área.

O público alvo principal destas ações é: Educadores Sociais; profissionais da Área de Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes; atores do Sistema de Garantia de Direitos, e estudantes de áreas afins.
Projeto "ÂNCORA – Família e Cidadania"

O Projeto "ÂNCORA – Família e Cidadania”, assinado pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos, teve seu início em fevereiro/2016.
Desde então, desenvolve atividades que visam trabalhar sistematicamente o Desacolhimento de Crianças e Adolescentes que estejam por longo período nesta condição.

O Projeto foi apresentado para adesão a toda rede de abrigos e similares, que mantém crianças e adolescentes acolhidos.
A ênfase de sua atuação é dada aos casos de adolescentes próximos de completarem 18 anos.

O trabalho está sendo desenvolvido por equipe capacitada de educadores sociais, com dedicação exclusiva, visando o desacolhimento e completa Reintegração Familiar e Comunitária.

O título -  “ANCORA – Família e Cidadania” - foi escolhido por se entender que a Criança e o Adolescente em processo de desacolhimento necessita de suportes para a sua estabilidade; suporte este que abrange a rede de atendimento, a família e a comunidade, representados pela figura de uma Âncora.

Receba Informativos por E-mail

Cadastre seu e-mail e fique por dentro das novidades.